FEIRA LITERÁRIA

E.E. Benedito Calafiori comemora sucesso de sua primeira feira literária

Projeto de incentivo à leitura e despertou o interesse dos alunos, que fizeram fila para emprestar os livros expostos no evento
Por: Ralph Diniz | Categoria: Educação | 27-04-2024 05:01 | 1514
Estudantes demonstraram interesse pela leitura e lotaram o espaço da feira durante os três dias de evento
Estudantes demonstraram interesse pela leitura e lotaram o espaço da feira durante os três dias de evento Foto: Divulgação
 

Na última semana, a Escola Estadual Benedito Ferreira Calafiori, de São Sebastião do Paraíso, realizou a sua primeira feira literária. Foram três dias de evento, onde um salão que é utilizado pela escola para diversas atividades educacionais se transformou em uma verdadeira livraria, onde estudantes das 15 turmas do ensino médio puderam entrar, escolher um livro entre vários gêneros disponíveis no espaço, buscar um lugar confortável para se acomodar e começar sua viagem pelo mundo das letras.

De acordo com a coordenadora da feira, a bibliotecária Luciana De Biase, a feira foi composta por dezenas de livros que vieram no ano passado. Cerca de 90% chegaram de um programa do governo federal e os demais foram adquiridos pela própria escola. São clássicos, releituras e novas publicações. A ideia surgiu da união do grupo de bibliotecárias e dos professores de língua portuguesa. O projeto começou a ser trabalhado em outubro de 2023, com o registro de cada um dos exemplares.

O espaço reservado para a feira foi todo decorado pelos profissionais da escola e os próprios estudantes. Além disso, os livros foram divididos por gênero para facilitar o acesso das turmas, que se revezavam nas visitas à sala. O ambiente também contou com cadeiras, almofadas e música: tudo para proporcionar um clima mais agradável para a leitura.

O sucesso da feira foi tão grande que o caderno de agendamento para empréstimo dos livros expostos obteve centenas de assinaturas dos estudantes, todos interessados em levar alguma das obras para casa. "Eu fiquei surpresa com a quantidade de nomes. Nós já tínhamos um público muito bom de leitura, mas foi algo impressionante. Atingimos ao nosso objetivo e isso nos deixa muito contentes", diz a bibliotecária.

Além da apresentação dos livros e da criação de um ambiente propício para a leitura, a feira serviu para que alunos pudessem expor seus talentos literários. Aproveitando a oportunidade, a aluna Rafaela Reis, de 15 anos, apresentou três das centenas de poesias que já compôs.

"Foi uma oportunidade e tanto para eu poder apresentar o que eu faço e causar esse impacto nas pessoas. E eu não imaginava que teria uma repercussão tão grande como teve. Várias pessoas tirando fotos das poesias, publicando nas redes sociais e me marcando. Aí eu tive ideia da dimensão que a feira havia tomado. Foi maravilhoso e até hoje eu estou atônita", conta a jovem poetisa.

Como esta foi a primeira edição da feira literária, Rafaela foi a única aluna a se colocar a se dispor a apresentar seus talentos literários aos colegas, contudo, Luciene de Biase afirma ter certeza de que há outros jovens escritores na escola e que a iniciativa da poetisa fará com que os demais deixem de lado a timidez e a insegurança, típicas da adolescência, para também revelarem ao mundo do que suas mentes criativas são capazes.

O fim da feira não significou a conclusão do projeto, e sim o início de uma nova etapa no trabalho de incentivo à leitura dos alunos. Agora, os livros expostos seguem para vitrines da biblioteca, onde ficarão expostos para os estudantes. Além disso, parte da área externa da escola será utilizada como área de leitura.

Além disso, a escola trabalha na informatização da biblioteca, que facilitará não somente o trabalho das profissionais que cuidam do local, como também ajudará os estudantes a encontrarem os conteúdos que buscam com mais comodidade e dinamismo. Segundo Luciana De Biase, a escola já trabalha com a ideia de realizar um novo evento já deve começar a ser programado em breve.

Adolescentes do ensino médio aprovaram a iniciativa da escola
Aluna Rafaela Reis apresentou algumas de suas poesias no painel de talentos da exposição
Ambiente da feira foi preparado e decorado por professores, bibliotecárias e alunos do Ditão